Horário: Encerrado ao público por motivo de obras de reabilitação do edifício

TEXTEmunhos | Biografia | Filipa Melo

Escritora, crítica literária e jornalista, nasceu em 1972. É autora do romance Este É o Meu Corpo (2001), traduzido em sete línguas, do livro de reportagens Os Últimos Marinheiros (2015) e do Dicionário Sentimental do Adultério (2017). Está a trabalhar numa biografia de Amália Rodrigues, para a editora Contraponto. Trabalha há mais de vinte anos na divulgação da literatura nacional e clássica na imprensa e na televisão, em comunidades de leitores, em eventos de divulgação e oficinas e tutoria de escrita criativa.

Começou a trabalhar como jornalista em 1990. Colaborou com diversas publicações, como VisãoExpressoGrande ReportagemLerPúblico (onde foi responsável pela edição do suplemento Mil Folhas, no ano de lançamento, 2001) e O Independente, e na televisão, como jornalista, crítica e editora. Integrou o Conselho Deontológico e a Direção do Sindicato de Jornalistas. Em 2013, assinou a autoria e apresentação do programa Nós e os Clássicos, na SIC Notícias. Em 2015, reformulou o conceito editorial e dirigiu a revista Epicur.

Tem abundante crítica literária publicada na revista Ler, no semanário Sol e no jornal “i”, coordena e ministra uma pós-graduação em Escrita de Ficção, na Universidade Lusófona, em Lisboa, e é vogal do conselho diretivo da Fundação Dom Luís I (Cascais).