Horário: Encerrado ao público por motivo de obras de reabilitação do edifício

Vasco Fernandes. O retábulo da Catedral de Lamego, 1506-1511

Exposição temporária

Museu Nacional Grão Vasco

8 abril – 25 setembro 2022

 

O Museu de Lamego associa-se ao Museu Nacional Grão Vasco para apresentar, pela primeira vez, em Viseu, uma das suas coleções mais icónicas – os cinco painéis que remanesceram do retábulo que o pintor Vasco Fernandes executou para o altar-mor da catedral de Lamego, entre 1506-1511.

A exposição insere-se no programa Museu nas Cidades, concebido no contexto do encerramento temporário do Museu de Lamego, por motivos das obras de reabilitação do edifício, em curso. Com o título inspirado no filme Alice nas Cidades (Wim Wenders, 1974), o programa desenvolve a ideia de antropomorfia do museu. De um museu em movimento, que circula, viaja, que deslumbra e é deslumbrado, configurando uma ocasião para o alargamento a outras paisagens sociais e territoriais, por meio de projetos expositivos que promovam o diálogo entre coleções e instituições afins.

Assim sucede no intercâmbio entre Lamego e Viseu, em termos artísticos a remeter de imediato para um dos nomes maiores da pintura portuguesa do século XVI – Vasco Fernandes.

Com efeito, o Museu de Lamego custodia desde a sua criação, a 5 de abril de 1917, um conjunto que remanesceu do retábulo-mor que Vasco Fernandes executou, entre 1506-1511, para a catedral de Lamego. Desprovidos da função para que foram produzidos, musealizados, volvidos mais de 500 anos sobre a sua produção, o conjunto mantém inalterado o fascínio que ao longo dos séculos tem exercido nas sucessivas gerações de observadores.

Congratulam-se, o Museu de Lamego e o Museu Nacional Grão Vasco de apresentar, pela primeira vez, em Viseu, os painéis do retábulo da catedral de Lamego.  Na cidade de Vasco Fernandes e no museu que leva o seu nome.

A inauguração da exposição decorrerá no próximo dia 8 de abril, pelas 17h00, no Museu Nacional Grão Vasco.