Horário: Todos os dias. Das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00

Um Ano. Um Tema - O desenho nas coleções do Museu de Lamego - Capa de e-book

A vida secreta dos objetos

Guardados nos armários e gavetas das reservas do museu vivem um sem-número de objetos, sobre os quais recai um olhar, muitas vezes, omisso, toldado por preocupações de ordem técnica, no que respeita à sua salvaguarda e valor patrimonial. Uma fugaz apreciação formal e estética, realizada para efeitos de inventário, deixa a amargura das perguntas que ficam por responder, todavia, fundamentais para o entendimento dos mesmos.

Ao darmos início, em 2015, ao projeto online de mediação com os públicos, 12 meses 12 peças, procuramos resgatar a biografia desconhecida, ou há muito esquecida desses objetos, contextualizando-os e dotando-os de uma narrativa articulada com um tema base.

Foi assim que, com uma seleção de 12 gravuras de uma coleção de c. 60 exemplares, abrimos ao público “as portas” das reservas do museu, compiladas no primeiro número da revista anual dedicada ao projeto, titulada “Um Ano Um Tema. 12 Gravuras do Museu de Lamego” [disponível online em: http://bit.ly/UmAnoUmTema_12Gravuras].

Deixando cair o critério «tipologia de objetos», que norteou a primeira edição, em 2019, movidos pela internacionalização do debate em torno das comemorações dos 500 anos da viagem da circum-navegação, refletimos sobre o fenómeno da mobilidade, intrínseco a grande parte dos objetos provenientes de doações e legados ao museu. Sob o tema “a viagem”, demos então a volta ao mundo, através de objetos da coleção em reserva, que se distinguem pelo seu exotismo, numa expressão da mundividência dos seus possuidores [disponível online em: http://bit.ly/UmAnoUmTema_AViagem].

Retomando a tipologia dos objetos, como critério para a escolha do tema, a presente edição é composta pela escolha dos doze desenhos, aos quais foi dado destaque, em 2020. Parte integrante de um projeto mais abrangente – «Linhas de continuidade» – no qual se previa articular toda a programação do museu, que o contexto de pandemia viria comprometer, proponhamos um debate alargado sobre o Desenho, no pressuposto de que “tudo é desenho”, como assinalado pelo artista plástico Francisco Laranjo, curador convidado deste projeto adiado para 2022.

A coleção de desenho, reunida a partir da década de 1940, é contruída por c. 250 exemplares, tendo na sua origem os desenhos doados ao museu, em 1942, por D. Margarida Braga, viúva do poeta, natural de Lamego, Fausto Guedes Teixeira. A presença de nomes como Domingos Sequeira e Tomás da Anunciação na coleção do poeta estará por certo ligada aos círculos artísticos e inteletuais que frequentou, em Lisboa, e ao Museu das Janelas Verdes (atual Museu Nacional de Arte Antiga), onde desempenhou funções, entre 1906 e 1913.

A coleção seria complementada, depois, pelo numeroso conjunto de desenhos (retratos e caricaturas), com a assinatura do então diretor do Museu de Lamego, João Amaral, que após o sucesso obtido pela exposição dos trabalhos, em Lamego e no Porto, na Casa Regional da Beira-Douro, em 1943, destinou uma das salas do museu para a sua exposição: “Não como valor artístico, mas como documentário plástico duma época ainda contemporânea de muitos, essa colecção caricatural constitui, sem vaidade da minha parte, porque nunca me enfeitei com semelhante palermice, uma curiosíssima, sensibilizadora e valiosa galeria de lamecenses” (João Amaral, “Dos velhos tempos…”, Beiradouro, 24 de julho de 1943, p. 1).

Os desenhos provenientes do legado de Ana Maria Pereira da Gama, em 2013, e da doação de António Metelo Seixas (2014) viriam alargar a lista dos autores representados na coleção a artistas de referência incontornável, na arte portuguesa, da primeira metade do século XX, cuja presença, em Lamego, por desconhecimento, tem estado arredada das respetivas biografias.

Comprometida com o objetivo de promover a conservação material e intelectual das coleções do museu e de, simultaneamente, poder contribuir para a realização de biografias atualizadas, a revista que agora apresentamos é o terceiro volume [de uma coleção de quatro números] dedicado a revelar a vida secreta dos objetos do museu.

Veja online aqui.

Faça download aqui.