Horário: Encerrado ao público por motivo de obras de reabilitação do edifício

Museu Fora de Portas | Sessão de apresentação «Sala Colonial. O Filme»

6 de junho | 10h00 | Escola Secundária de Latino Coelho, Lamego

Resultante do projeto educativo «Sala Colonial», desenvolvido pelo Museu de Lamego e o Agrupamento de Escolas de Latino Coelho, vai ter lugar, no próximo dia 6 de junho, pelas 10h00, no auditório da Escola Secundária de Latino Coelho, a sessão de apresentação de Sala Colonial. O filme, realizado por Catarina Simão, artista visual e investigadora, responsável pela conceção do projeto.

Esta sessão constitui, nas palavras da realizadora, uma interpretação do processo desencadeado no trabalho desenvolvido em conjunto com os alunos do 10º ano (Turma E), no âmbito da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, e uma comunidade alargada de docentes e não docentes da Escola.

Sala Colonial. O filme ficará, depois, durante a semana, em projeção na biblioteca Escola Secundária de Latino Coelho, Lamego, com enquadramento artístico do professor Angelo Costa, na Galeria Metaphora, de forma a permitir o seu visionamento por toda a comunidade escolar.

Tendo como ponto de partida a coleção de artefactos de origem africana que faziam parte do recheio da Sala Colonial montada no antigo Liceu Nacional de Latino Coelho, em depósito no Museu de Lamego, o projeto Sala Colonial faz referência à antiga sala instalada no contexto de exaltação propagandística de promoção do Império junto de institutos e liceus públicos, levada a efeito pelo Estado Novo.

Entendido como um projeto pedagógico-reflexivo, o projeto teve como principal objetivo promover a ativação de uma educação crítica e de autoquestionamento em relação ao passado colonial e às suas representações, através da participação de alunos e professores, bem como a comunidade lamecense em geral, no sentido de trabalhar novas interpretações para a coleção, desvinculando-a da ficção propagandística levada a efeito durante o Estado Novo.

O projeto desenvolveu-se no contexto de residência artística de Catarina Simão, em Lamego, entre os meses de fevereiro e março passados. Três meses depois, a artista regressa a Lamego para mostrar, em filme, o desenrolar de todo o processo.

Desenvolvido pelo Museu de Lamego e Agrupamento de Escolas de Latino Coelho, Sala Colonial conta com o apoio da Direção Regional de Cultura do Norte, da Fundação Calouste Gulbenkian – Programa de Apoio à Criação Artística e do Município de Lamego.