Horário: Encerrado ao público por motivo de obras de reabilitação do edifício

In Memoriam | E-Catálogo | Bilhas

Bilhas [ditas dos Santos Óleos]

João Rodrigues da Costa Negreiros (ourives), José Coelho Sampaio (ensaiador)

Porto, 1775-1800

Prata fundida, cinzelada, relevada e incisa

Proveniente do antigo paço episcopal de Lamego

Inv. ML 166-167

De grande elegância formal, com as superfícies lisas, sem decoração, que se cinge a discretos gravados no rebordo da base, colo e tampa, as duas bilhas faziam parte do recheio do antigo paço episcopal de Lamego, incorporado mais tarde no museu, quando este foi criado em 1917. Presença constante nos inventários dos bens do paço realizados ao longo do século XIX, são referidas como: dois Jarros grandes com aza e tapadoura.

Em 1908, o autor da separata O Paço Episcopal de Lamego, José Júlio Rodrigues, entre a relação das pratas pertencentes à mitra episcopal, menciona as duas bilhas: Duas grandes amphoras para uso das cerimonias da benção dos Santos Óleos, dando início ao que julgamos um equívoco, em relação ao uso das mesmas e, por conseguinte, à designação que habitualmente lhes tem sido atribuída. Na verdade, os conjuntos destinados à reserva dos santos óleos são constituídos por três ânforas identificadas normalmente pela inicial, conforme os óleos que nelas eram depositados (dos catecúmenos, dos enfermos e da consagração do crisma). A ausência de qualquer inscrição que as individualize, bem como a existência de apenas dois exemplares, corroborada pela documentação conhecida, levam a uma revisão da tipologia destes objetos.

Associadas a uma bacia de lava-pés, com a mesma decoração e do mesmo ourives do Porto, João Negreiros da Costa Rodrigues, fazem lembrar as bilhas de olaria popular, numa solução de apropriação de formas pela ourivesaria de Setecentos. Provavelmente utilizadas na cerimónia do Lava-pés, evocam a água purificadora, que liga todos os objetos na exposição In Memoriam. Abel Flórido e Francisco Laranjo.

Bibliografia

ARQUIVO NACIONAL TORRE DO TOMBO: Livro 50, Inventario do Excelentíssimo e Revendissimo Bispo=D. Joze de Jesus Maria Pinto= Lamego, 1826, fl. 5v.

RODRIGUES, José Júlio – O Paço Episcopal de Lamego (separata), Porto, 1908, p. 28.