Horário: Todos os dias. Das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. (Aberto, parcialmente, devido às obras de reabilitação do edifício)

E-catálogo | Baú

Baú

Portugal, séc. XVIII

Pinho, couro, damasco e latão dourado

Antigo paço episcopal de Lamego

Inv. ML 515

Baú revestido a couro tingido de vermelho e decoração a toda a volta obtida através da aplicação de pregaria de latão dourado, formando motivos geométricos e fitomórficos estilizados. Possui fechaduras em latão, recortadas e vazadas, com ferrolhos de folha igualmente recortada e vazada e haste com pináculo torneado na extremidade. Nas ilhargas, argolas laterais com espelhos em latão. Proveniente do antigo paço episcopal, o baú é descrito nos inventários de bens do paço, datados do século XIX, entre os bens que se encontravam na sacristia da capela particular.

Em 1821, o inventário de bens do paço episcopal descreve, entre os bens que se encontravam na sacristia da capela particular, um “Baú vermelho de marroquim, vermelho, pregadura dourada grande, forrado de damasco verde, avaliado em oito moedas de ouro”, quantia importante para a época, pois tanto as caixas de paramentos aí guardadas como as duas mesas de nogueira que se encontravam na Livraria (invs.ML 340a, 340b) foram avaliadas no mesmo montante. O baú manteve-se na mesma dependência, pelo menos até 1860, quando volta a ser novamente mencionado.