Horário: Todos os dias. Das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00

Travessa

Travessa

Numa clara alusão ao Douro, a travessa é decorada com cercadura de parras e cachos de uvas em esmalte azul e gavinhas douradas.

São conhecidos os serviços produzidos na China, nos reinados de Qialong e Jiaqing (séculos XVIII e XIX) que repetem o mesmo tipo de cercaduras preenchidas por parras, cachos de uva e folhas de videira, encomendados por dignitários da região do Douro, designadamente um prato prato escudado com o monograma PS e decoração polícroma, encomendado por José Pinto Soares, comendador da Ordem de Cristo e diretor da Companhia dos Vinhos do Alto Douro, c.1820 (?); ou um outro, encomendado por João Pinheiro de Aragão Salzedo, coronel de milícias da Comarca de Lamego e Senhor da Casa do Campo em Lamego (c. 1815).

Também um serviço de jantar da coleção Palmela, com mais de 400 peças, repetia o mesmo tipo de decoração.

O motivo de parras e uvas, presente num prato com as armas dos Coutinho, c. 1810, foi retomado pela Fábrica da Vista Alegre, em meados do século XX, num serviço designado, justamente, “Douro”.

 

China

1801-1820

Porcelana decorada com esmaltes

Proveniente da coleção do comandante  Humberto Leitão

Inv. ML 1711