Horário: Todos os dias. Das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00

Gravura

De origem mal documentada, a coleção de gravuras possui 76 exemplares, a maior parte adquirida por compra nas décadas de 30 e 40 do século XX, pelo então Grupo de Amigos do Museu de Lamego, sem, contudo, conhecer-se a sua proveniência.

Abrangente, sob o ponto de vista temático, que inclui retratos, alegorias, assuntos religiosos e cenas do quotidiano, a coleção é formada por gravura europeia (portuguesa, francesa, italiana e flamenga) produzida entre os séculos XVI e XX, por renomados gravadores, com destaque para Hieronymous Wierix, Raphael Morghen, Conrad Lauwers, Bernard Picart, Joaquim Carneiro da Silva e Gaspar Fróis de Machado.

Pelas suas dimensões e policromia assume especial relevo uma raríssima gravura que representa a África, o único exemplar que se conhece pertencente a uma série intitulada “As quatro partes do mundo”, impressa na oficina do reputado gravador e editor francês do século XVII-XVIII, Pierre Landry, que se notabilizou pela edição de Almanaques Reais, durante o reinado de Luís XIV.

São João Evangelista

LER MAIS

Jesus escarnecido

LER MAIS

Retrato do Imperador Frederico III de Habsburgo

LER MAIS

Santa Maria Madalena

LER MAIS

Cortejo de despedida e embarque de Dona Catarina de Bragança para Inglaterra

LER MAIS

África | Série “As quatro partes do mundo”

LER MAIS

A Leitora

LER MAIS

Restituet omnia

LER MAIS

Calvário

LER MAIS

Adoração dos Pastores

LER MAIS