Horário: Todos os dias. Das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00

Gravura São João Evangelista

São João Evangelista

Este exemplar, de pequeno formato, faz parte de um conjunto de quatro gravuras alusivas aos quatro evangelistas.

Embora se desconheça a autoria destas gravuras, são claramente filiadas na escola de grandes gravadores do Norte da Europa, em particular de Albrecht Dürer, sendo estrutural e tecnicamente próximas da célebre gravura “Melancolia”. Muito caraterístico dos gravadores do Norte é também o preenchimento de quase toda a superfície com traços paralelos, que adquirem particular densidade no pregueado das vestes e panejamentos.

Numa cena de interior, sugerindo um escritório, São João Evangelista figura sentado num escabelo almofadado, no ato de escrever. De formas amplas e vigorosas, o rosto, emoldurado por farta cabeleira ondulada, revela uma expressão de concentração, sobre o volume pousado na perna direita, onde escreve, com uma pena. As vestes, exageradamente volumosas e pregueadas, deixam visíveis os pés descalços, longos e esguios. À direita, nas costas do evangelista, figura a águia, atributo do santo na representação do Tetramorfo.

O segundo plano, à esquerda, é farto de pequenos detalhes: uma janela aberta, com portadas de madeira, uma mesa coberta com uma toalha franjada, sobre a qual se dispõem um livro sobre uma estante e dois tinteiros.

O espaço narrativo, construído por planos escalonados, através de elementos arquitetónicos, de gosto clássico, acentuam-lhe a noção de perspetiva e profundidade, ampliando-o.

São João Evangelista, a que, Jesus chamava o discípulo amado, é celebrado a 27 de dezembro, entre o Natal e o Ano Novo.

 

Autor desconhecido

Flandres (?), séc. XVI

Proveniência: antigo paço episcopal de Lamego (?) /Compra (Grupo de Amigos do Museu de Lamego), 1928-1940 (?)

Inv. ML 941