Horário: Todos os dias. Das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00

Azulejos

Azulejos

Os painéis de azulejos integravam originalmente um conjunto de 13 painéis que foram encontrados na segunda metade do século XX a forrar uma das salas do palácio dos Viscondes de Valmor, em Lisboa, e oferecidos, na época, pela sua proprietária ao Museu de Lamego.

O historiador Reynaldo dos Santos, em 1957, referindo-se ao conjunto, assinala tratar-se de um “inesperado conjunto decorativo de meados do século XVII, de rica policromia, cheio de carácter da época certamente inspirados (…) na decoração dos panos da Índia”.

Efetivamente, as influências orientais são visíveis na composição e decoração ornamental destes painéis com cenas de caça e de pastoreio, que adquirem, apesar do desenho um pouco rude, uma expressão decorativa notável.

Os azulejos deram entrada no Museu, em 1962, depois do Museu Nacional de Arte Antiga ter manifestado o desejo de conservar em Lisboa pelo menos dois dos referidos

Painel de Azulejos

Lisboa

c. 1670

Faiança policromada

Palácio dos Viscondes de Valmor. Lisboa

Inv. ML 1620

 

Painel de Azulejos

Lisboa

c. 1670

Faiança policromada

Palácio dos Viscondes de Valmor. Lisboa

Inv. ML 1622

Painel de Azulejos

Lisboa

c. 1670

Faiança policromada

Palácio dos Viscondes de Valmor. Lisboa

Inv. ML 1624

Painel de Azulejos

Lisboa

c. 1670

Faiança policromada

Palácio dos Viscondes de Valmor. Lisboa

Inv. ML 1625