Horário: Todos os dias. Das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00

Secundário

ATIVIDADES

Em Lamego… sê romano

Conservam-se no Museu de Lamego vestígios da antiga civitas Lamaecus. Fragmentos de estátuas, lápides funerárias e diversos utensílios serão o pretexto para esta visita, que procura explorar os conhecimentos sobre Lamego durante a ocupação romana.

Que tragédia! Da literatura à tapeçaria

A série de tapeçarias do rei Édipo foi inspirada num texto clássico, do autor de origem grega, Sófocles (497 ou 496 a.C.- 406 ou 405 a.C.).

A escolha do tema para tapeçarias, na primeira metade do século XVI, revela a influência que a cultura clássica teve no Renascimento e a erudição do encomendante.

Haverá alguma relação entre a tragédia de Édipo e as circunstâncias da encomenda destas tapeçarias?

Visita temática acompanhada pela leitura de alguns excertos da tragédia do rei Édipo.

Vasco Fernandes, mestre do retábulo da Sé de Lamego

É o título de um livro do investigador Vergílio Correia, publicado em 1924, sobre a documentação do início do século XVI, que encontrou na Torre do Tombo, sobre a encomenda do bispo de Lamego, João de Madureira ao pintor Vasco Fernandes, de um retábulo para a capela-mor da Sé de Lamego.

Peças-chave para a compreensão das pinturas no contexto da sua produção, os documentos são ponto de partida para uma abordagem sobre o significado e função da pintura deste período.

O(s) sentido(s) do Barroco

A maior parte das coleções do museu situa-se entre os séculos XVII e XVIII, período em que dominou o Barroco. Mais do que um estilo artístico, o barroco estendeu-se das artes plásticas e decorativas à literatura e música, e do teatro à moda, gastronomia…

Exagerado, exuberante e teatral, o barroco foi um movimento que apelava aos sentidos, emoções e sentimentos.

Percurso de consolidação de conhecimentos sobre o barroco, tendo como ponto de partida o edifício e as coleções em exposição.

Lamego-Oriente-Lamego

Desde os primeiros contactos, no século XV, que a relação dos portugueses com o Oriente tem sido mais ou menos intensa, deixando marcas profundas na sociedade que, no caso de Lamego, são bem visíveis, constituindo as coleções do museu, pretexto para este percurso, valiosos testemunhos de uma ligação com mais de 500 anos de história.